Prédio da Associação Paulista de Imprensa, no centro de SP, é invadido

ALINE MAZZO
·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O prédio onde funciona a Associação Paulista de Imprensa, na região central de SP, foi invadido na madrugada de domingo (8). Suspeitos entraram no local por um buraco aberto na parede em uma das escadas. Ninguém foi preso. A Polícia Militar foi acionada pouco depois da meia-noite para uma ocorrência de furto no prédio comercial na rua Álvares Machado. Ao chegarem no local, PMs encontraram várias salas comerciais arrombadas, segundo nota da Secretaria da Segurança Pública. Os arquivos da Associação Paulista de Imprensa foram revirados e algumas fichas, rasgadas. Uma mulher de 37 anos, que trabalha no prédio, informou à polícia que teve de ir ao local de madrugada e chegou a visualizar um dos invasores. Os suspeitos fugiram deixando furadeira, pé de cabra e uma chave de fenda, usados no arrombamento. O material foi apreendido. Dois celulares de pessoas que trabalhavam no prédio foram furtados. Segundo a polícia, os donos das salas comerciais ainda avaliavam o que havia sido levado pelos suspeitos e devem fazer o registro nos próximos dias. O jornal Folha de S. Paulo não localizou representantes da Associação Paulista de Imprensa para comentar o caso até a publicação desta reportagem. Foi realizada perícia no prédio e o caso, registrado como furto qualificado, será investigado pelo 8º DP (Brás).