Prévias: PSDB diz que testes com novo aplicativo foram 'insatisfatórios' e procura outras empresas

·1 min de leitura

BRASÍLIA — A direção nacional do PSDB continua na saga para encontrar um novo aplicativo que retome as prévias iniciadas e suspensas no último domingo por problemas no sistema virtual de votação. Em nota nesta quarta-feira, o PSDB informou que os testes realizados durante a madrugada no aplicativo anunciado ontem "não foram totalmente satisfatórios". Com isso, a direção nacional do partido já divulgou que contatou outras empresas.

Nesta terça-feira, o PSDB havia anunciado que assinara um pré-contrato com a empresa RelataSoft, especialista em sistemas eleitorais. Na ocasião, o presidente do PSDB, Bruno Araújo já avisara que, caso a empresa não passasse por testes de confiabilidade, já havia outras duas empresas no gatilho. Segundo ele, a ideia era antecipar o reinício da votação até esta quinta-feira, o que pode não ser mais possível com a falha nos testes nesta madrugada.

— Nós operamos com todo o vigor para terminar no domingo, mas dependemos de cumprir todos os processos de segurança — afirmou.

Araújo começou a procurar empresas privadas de votação virtual depois que a desenvolvedora do aplicativo original, a Fundação de Apoio da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), não deu garantias de que poderia retomar as prévias até o próximo domingo.

A fundação ligada à universidade federal também não conseguiu concluir o diagnóstico das falhas que emperraram o sistema, impossibilitando mais de 92% dos filiados a votarem. Araújo se disse "vítima da tecnologia" e reconheceu que o partido saiu com a imagem prejudicada com a suspensão das prévias.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos