Prévias do PSDB: Doria conquista dissidentes de Tasso no CE e Leite recebe apoio do MS

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

SÃO PAULO — A menos de duas semanas para as prévias presidenciais do PSDB, a disputa se afunila entre os governadores João Doria e Eduardo Leite em busca de apoio nos estados, enquanto o ex-prefeito de Manaus Arthur Virgílio faz uma campanha discreta.

O diretório do Mato Grosso do Sul anunciou nesta segunda feira o apoio à candidatura do governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite. Por outro lado, numa ofensiva no último final de semana o paulista João Doria conseguiu apoio de dissidentes no Ceará do senador Tasso Jereissati, um dos principais cabos eleitorais de Leite na disputa.

Lá, o paulista recebeu o apoio do deputado federal Danilo Fortes (PSDB-CE) e de outros políticos do estado, como os deputados Nelinho Freitas e Fernanda Pessoa, além do pai da parlamentar, Roberto Pessoa, que é prefeito de Maracanaú.

Doria também foi à Bahia no sábado, onde o diretório havia declarado apoio ao gaúcho, e conquistou o endosso do presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Paulo Câmara, entre outros políticos.

No mesmo dia, Leite esteve em São José dos Campos, no Vale do Paraíba, onde o diretório municipal aderiu ao gaúcho. A região fica próxima a Pindamonhangaba, berço político do ex-governador Geraldo Alckmin, atual desafeto de Doria. Alckmin tem mobilizado os aliados para atuarem a favor do gaúcho. Leite também tem feito investidas em aliados do ex-prefeito Bruno Covas. Entre esses apoiadores, conquistou Orlando Faria, secretário de Habitação da prefeitura de São Paulo.

A disputa segue aberta, embora Doria seja favorito em razão do peso de São Paulo no colégio eleitoral tucano, que é o maior e equivale a 25%. Leite se aproxima do paulista com o endosso de Minas Gerais, que tem peso de 13, 7% e Rio Grande do Sul, com 6, 4%. No entanto, em todos os estados há defecções para um lado ou para o outro, o que torna difícil de fazer previsões sobre a eleição interna.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos