Prêmio The Best deve consagrar Cristiano Ronaldo como melhor da História nesta segunda-feira

Paulo Amaral
Cristiano Ronaldo ainda não decolou com a camisa da Juventus.

Cristiano Ronaldoainda não decolou com a camisa da Juventus-ITA, seu novo clube, mas provavelmente isso não fará diferença quando o nome do vencedor do Prêmio The Best, a Bola de Ouro da Fifa, for anunciado nesta segunda-feira (24), em festa de gala marcada para Londres, na Inglaterra (a partir das 15h30 no horário de Brasília).

O craque português é apontado como favorito disparado para vencer mais uma vez e levar sua 6ª Bola de Ouro para casa, tornando-se o recordista absoluto em número de troféus, com um a mais do que o argentino Lionel Messi, que em 2018 ficou fora do top 3 pela primeira vez nos últimos 11 anos.

As ameaças

Quem tentará estragar a festa de CR7 são dois estreantes na lista dos 3 melhores: O egípcio Mohamed Salah, vice-campeão europeu com o Liverpool-ING, perdendo a decisão justamente para Cristiano Ronaldo, à época ainda no Real Madrid-ESP, e Luka Modric, croata que atuava ao lado do português na caminhada rumo ao título da Champions League.

Modric é apontado como principal ameaça a Cristiano Ronaldo, principalmente após ter levado a seleção da Croácia ao inédito vice-campeonato na Copa da Rússia e de ter sido eleito craque da competição pela Fifa.

Melhor da História?

Após empatar a disputa com Messi em 2017 e levar sua 5ª Bola, CR7 jogou a humildade fora e cravou: "Eu sou o melhor jogador da História".

A frase, claro, causou polêmica, principalmente para quem viu Pelé, Diego Maradona e tantos outros mitos em ação.

Quem é melhor?

Mas, afinal de contas, Cristiano Ronaldo é mesmo maior do que Pelé?



"Eu admiro muito o Cristiano Ronaldo, se eu tivesse que montar uma seleção nacional, ele seria minha primeira escolha". (Pelé)


Quantas Bolas de Ouro o Atleta do Século ganhou? Nenhuma. Aos que não...

Continue a ler no HuffPost