Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social abre inscrições

Débora Brito - Repórter da Agência Brasil

Estão abertas as inscrições para a 9ª edição do Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social. Reconhecida como uma das mais importantes do terceiro setor, a premiação visa reconhecer iniciativas sociais que encontram soluções fáceis e de baixo custo para desafios do cotidiano e que causem impacto efetivo na vida da comunidade.

Qualquer instituição brasileira sem fim lucrativo – como fundações, organizações da sociedade civil, instituições de ensino e pesquisa – pode participar da seleção. A iniciativa deve ser desenvolvida no Brasil e passível de ser reaplicada em diferentes localidades do país.

Todas as categorias do prêmio são relacionadas ao cumprimento dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável: Água e Meio Ambiente, Agroecologia, Economia Solidária, Educação, Saúde e Bem-Estar e Cidades Sustentáveis e Inovação Digital.

Este ano, a Fundação Banco do Brasil incluiu uma categoria internacional na premiação: Água e Meio Ambiente, Agroecologia ou Cidades Sustentáveis. Podem concorrer iniciativas de um ou mais países da América Latina e do Caribe, desde que os projetos possam ser reaplicados no Brasil.

O principal objetivo do prêmio, de acordo com a fundação, é reconhecer e certificar experiências de tecnologias sociais e incluí-las no Banco de Tecnologias Sociais da instituição, base de dados que reúne as metodologias reconhecidas e as disponibiliza em uma plataforma online, em diferentes idiomas. Atualmente, a base de dados tem 850 iniciativas vinculadas.

“O prêmio representa uma ferramenta de certificação dessas tecnologias para depois divulgá-las no banco de tecnologias sociais, e quem sabe, outras pessoas ou entidades possam aproveitar e se inspirar para desenvolver outras experiências”, afirmou Marco Aurélio Cirilo Lemos, assessor de tecnologia social da Fundação Banco do Brasil.

Desde a primeira edição do prêmio, em 2001, mais de 6 mil entidades se inscreveram e 1181 foram certificadas pela Fundação Banco do Brasil.

Prêmio

Este ano, o primeiro lugar de cada cateoia será premiado com R$ 50 mil e 18 instituições finalistas vão receber troféu e vídeo retratando sua iniciativa. Para as tecnologias sociais que promovem o protagonismo e o empoderamento feminino será concedido um bônus de 5% na pontuação total.

O Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social é realizado a cada dois anos e tem apoio da Organização das Nações Unidas (ONU). Os critérios para o processo de inscrição podem ser acessados no site www.fbb.org.br/premio. As inscrições terminam em 31 de maio e a escolha do projeto vencedor de cada categoria ocorrerá em novembro.