Príncipe Charles está 'profundamente magodo' com Harry, afirma jornal

·1 minuto de leitura

A rainha Elizabeth II e o príncipe William voltaram a trabalhar em meio a mais uma crise real, após o último ataque do príncipe Harry e as revelações sobre o encobrimento da entrevista da princesa Diana pela BBC.

Enquanto a rainha foi recebida a bordo de um porta-aviões batizado em sua homenagem, neste sábado, o duque de Cambridge participou da Assembleia Geral da Igreja da Escócia em Edimburgo, no segundo dia de sua visita real.

Neste momento, o relacionamento da Família Real com o Príncipe Harry "está por um fio", segundo disseram fontes ao jornal britânico Daily Mail. O periódico também afirma que o príncipe Charles está "profundamente magoado" com as últimas acusações de seu filho, enquanto o restante da família luta "para entender o que ele almeja" com sua contínua enxurrada de ataques.

Os laços do príncipe de Gales com seu filho mais novo estão "no pior patamar de todos os tempos" e ele está triste por ter sido novamente pintado como o vilão do último encontro explosivo do duque de Sussex com Oprah Winfrey.

Em seu último ataque, parte de uma série sobre saúde mental para a Apple TV +, Harry sugeriu que o príncipe Charles deixou que seus filhos "sofressem", quando o assunto era o assédio pela mídia. Ele também acusou a monarquia e a mídia de tentar 'difamar' sua esposa, a Duquesa de Sussex, na preparação para a entrevista bombástica do casal com Operah, em março.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos