Príncipe da Arábia Saudita parabeniza Lula por vitória nas eleições

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O príncipe herdeiro e primeiro-ministro da Arábia Saudita, Mohammed Bin Salman, parabenizou o presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) pela vitória nas urnas no último domingo (30).

De acordo com comunicado publicado pelo perfil oficial do Ministério das Relações Exteriores saudita, MbS -como o príncipe é conhecido- "expressou sinceras felicitações ao presidente eleito, desejando a ele todo sucesso, e ao governo e amigável povo do Brasil, firme progresso e prosperidade."

O saudita se junta, portanto, a uma série de chefes de Estado e de governo que reconheceram a vitória eleitoral de Lula, a despeito do silêncio do presidente Jair Bolsonaro (PL), que ainda não se manifestou publicamente sobre o êxito do adversário nas urnas.

O cumprimento de MbS acrescenta ainda um toque amargo à derrota de Bolsonaro, visto que o atual presidente apresentava a sua boa relação com os países árabes como um dos trunfos de sua política externa.

O contato com o príncipe saudita, com quem Bolsonaro disse ter "certa afinidade" durante viagem ao Oriente Médio em 2019 , é alvo de críticas devido a uma série de denúncias de violações de direitos humanos contra MbS, suspeito de ter ordenado o assassinato do jornalista Jamal Khashoggi, crítico ao regime da Arábia Saudita.