Príncipe Harry é chamado de hipócrita por voo em jatinho particular após palestra sobre o clima

·1 minuto de leitura

Famoso pelos discursos em defesa do meio ambiente, príncipe Harry vem sendo chamado de hipócrita pela imprensa internacional, depois de voar no jato particular de um amigo avaliado em £ 45 milhões para uma partida de pólo. A acusação se deve ao fato de ele ter feito isso poucos meses depois de dar uma palestra sobre a mudança climática.

Ele embarcou no avião de 20 lugares para retornar de uma partida de pólo em Aspen, nos Estados Unidos, para a sua casa, em Santa Bárbara, na Califórnia, na quinta-feira. Estima-se que o vôo de duas horas tenha emitido até dez toneladas de CO2.

O jato Gulfstream pertence a um dos amigos do pólo de Harry, Marc Ganzi, de acordo com o jornal "The Sun". Depois de pousar em Santa Babara, Harry foi levado às pressas para o carro e voltou para a sua mansão em Montecito, onde mora com Meghan e seus dois filhos.

O fato foi registrado apenas três meses depois de Harry dizer que a mudança climática é uma das "questões mais urgentes que enfrentamos". Assim como seu pai, o príncipe Charles, ele fez sua ponderação mais eloquente sobre a questão até o momento, quando disse aos líderes empresariais britânicos que eles deveriam ajudar ou o planeta estaria "acabado".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos