Príncipe Harry afirma que o irmão, William, o alertou para não pedir Meghan Markle em casamento

O príncipe Harry afirma que o príncipe William o alertou para não propor casamento a Meghan Markle por medo de que o relacionamento do casal estivesse indo "rápido demais". Em seu novo livro de memórias, que será lançado no dia 10 de janeiro, ele explicou que William descartou a ideia de que Harry e Markle se tornariam um quarteto com ele e Kate porque, "afinal, ela era uma atriz americana".

No entanto, quando o duque e a duquesa de Sussex ficaram mais sérios, Harry disse a William que sentia que sua falecida mãe, Diana, o ajudou a "encontrar" Meghan. Depois de fazer a afirmação ousada, William recuou e disse ao irmão mais novo que estava "levando as coisas um pouco longe demais".

Apesar da hesitação de William, Harry e Meghan ficaram noivos em 2017 - pouco mais de um ano de relacionamento. No entanto, o processo de planejamento do casamento apenas criou uma barreira ainda maior entre os irmãos.

Quando se tratou de escolher um local, William descartou a ideia de Harry e Markle se casarem na Abadia de Westminster, onde ele e Kate se casaram sete anos antes. Ele também não queria que o casal escolhesse St. Pauls - onde a princesa Diana e o rei Charles se casaram em 1981 - porque aparentemente era "grande demais".

Enquanto o casamento causou tensão entre os irmãos, o relacionamento de Kate e Meghan também piorou. As duas tiveram um embate por causa dos vestidos de dama de honra para o casamento dos Sussex - especificamente em relação ao vestido da princesa Charlotte.

De acordo com Harry, a princesa de Gales mandou uma mensagem para Meghan poucos dias antes do casamento sobre um “problema” com o caimento do vestido de sua filha. Kate disse à atriz que Charlotte, agora com 7 anos, "desabou em lágrimas" quando experimentou o vestido porque era "muito grande, comprido e folgado" e precisava ser totalmente refeito.

Depois que Kate finalmente concordou em levar Charlotte ao palácio para fazer alterações, ela e Meghan começaram uma discussão acalorada que deixou a duquesa de Sussex em lágrimas "no chão". Embora eles tenham conseguido fazer as pazes no dia seguinte, o mesmo não pode ser dito sobre o relacionamento dos quatro depois que o livro “Spare” chegar às prateleiras em 10 de janeiro.