Harry e Meghan se mudam do Canadá para a Califórnia

Harry e Meghan em sua última viagem a Londres antes de abandonar as funções como membros da realeza britânica, em 5 de março de 2020

O príncipe Harry, neto da rainha Elizabeth II, e sua mulher, Meghan, que, em abril, abandonarão oficialmente suas funções como membros da realeza britânica, mudaram-se do Canadá para a Califórnia, informou o jornal The Sun.

No momento em que Canadá e Estados Unidos se preparavam na semana passada para fechar a fronteira comum, com o objetivo de combater a propagação do novo coronavírus, o casal embarcou em um avião particular com destino a Los Angeles, afirma o tabloide sensacionalista britânico.

"Harry e Meghan deixaram o Canadá para sempre", afirmou ao The Sun uma fonte próxima ao casal. "As fronteiras fecharam e os aviões pararam de voar, eles tinham que partir", completou.

A fonte, no entanto, revelou que "a mudança havia sido planejada há muito tempo".

Meghan, uma ex-atriz americana, nasceu na Califórnia e tem muitos amigos na região, onde mora sua mãe.

Na quinta-feira, o estúdio Disney anunciou que a duquesa de Sussex é a narradora de um filme sobre a vida de uma família de elefantes africanos. O documentário estreará em 3 de abril, três dias depois do casal abandonar oficialmente as funções como membros da realeza.

O Palácio de Buckingham não comentou a informação do jornal The Sun.

A família real britânica tem expressado solidariedade com os trabalhadores da área da saúde que lutam no país contra a pandemia de coronavírus.

O pai de Harry, o príncipe Charles, 71 anos, que contraiu a doença "mas está bem", segundo seu porta-voz, apareceu na quinta-feira no momento em que os compatriotas seguem até as janelas para aplaudir os profissionais da saúde pública.

O palácio publicou um vídeo no Instagram que mostra o herdeiro do trono aplaudindo médicos e enfermeiros no castelo de Balmoral, na Escócia.

O príncipe de Gales aparece de pé, enquanto sua esposa Camilla, que não está infectada pela Covid-19 e aparece a uma distância segura por precaução, aplaude de uma janela.

Os filhos do príncipe William - segundo na linha de sucessão -, George, Charlotte e Louis, também foram filmados aplaudindo e o vídeo foi publicado por seus pais no Instagram.