Príncipe Philip é internado 'por precaução'

·1 minuto de leitura
(Arquivo) O príncipe Philip, duque de Edimburgo, em julho de 2020

O príncipe Philip, esposo da rainha Elizabeth II, foi hospitalizado preventivamente em Londres depois de sofrer um mal estar, anunciou o palácio de Buckingham nesta quarta-feira (17).

O duque de Edimburgo, de 99 anos, "foi internado no hospital King Edward VII na terça-feira à noite. Sua hospitalização é uma medida de precaução, seguindo a orientação do médico de sua alteza real, depois de sua indisposição", disse o palácio em um comunicado, explicando que o príncipe permanecerá internado por "alguns dias".

O príncipe Philip abandonou suas atividades oficiais em agosto de 2017, depois de ter participado em mais de 22.000 atos relacionados ao seu cargo de cônjuge desde 1952, quando sua esposa chegou ao trono. Ele acompanha a rainha esporadicamente em alguma aparição pública.

Em junho de 2017, o príncipe foi hospitalizado por duas noites por causa de "uma infecção relacionada a uma patologia existente". Em 2018, fez uma cirurgia no quadril.

Em janeiro de 2019, sofreu um grande acidente quando seu Land Rover colidiu com outro veículo que saía de uma trilha da propriedade real de Sandringham. O veículo do príncipe capotou, mas Philip saiu ileso do acidente e depois renunciou à sua carteira de motorista.

No final de dezembro, se internou no hospital King Edward VII e ficou em observação "devido a problemas de saúde pré-existentes", segundo o palácio.

Elizabeth II, de 94 anos, e seu esposo receberam em janeiro a primeira dose da vacina contra o coronavírus, no castelo de Windsor, ao oeste de Londres, onde permanecem confinados.

gmo/pau/jz/bl/aa