Príncipe Philip: por que Harry poderá comparecer ao funeral?

·4 minuto de leitura
Príncipe Harry, um jovem ruivo de barba, acena com a mão ao entrar em um carro preto
Harry deixou os compromissos oficiais da família real no ano passado

O príncipe Harry, neto da rainha Elizabeth 2ª e duque de Sussex, voltou ao Reino Unido para comparecer ao funeral do avô, o príncipe Philip, que morreu aos 99 anos na sexta (9/3).

A cerimônia vai acontecer no sábado (17/3), na Capela de São Jorge, que fica no terreno do Castelo de Windsor.

Esta é a primeira vez que o príncipe Harry visita o país desde que ele e sua mulher, Meghan Markle, deixaram suas funções reais oficiais, em março do ano passado.

Mas como Harry teve autorização para entrar no país em meio às restrições por causa da pandemia de covid-19? Entenda.

Harry e Meghan
Harry e Meghan deram entrevista à Oprah para falar dos motivos de sua saída

Meghan vai ao funeral?

Não. Harry estará desacompanhado no funeral de seu avô. Segundo o Palácio de Buckingham, Meghan vai permanecer em sua casa na Califórnia por motivos de saúde.

A duquesa de Sussex está grávida de seu segundo filho e foi aconselhada por seu médico a não viajar.

Harry tem que fazer quarentena?

Assim como outras pessoas que chegam ao país do exterior, Harry vai ter que seguir as regras de viagem do governo para o coronavírus.

Elas determinam que as pessoas que chegam ao Reino Unido devem:

  • Fazer um exame de covid-19 no prazo de até três dias antes da partida. Para ser autorizada a entrada, é preciso que o resultado seja negativo.

  • Preencher uma declaração de chegada dando detalhes de onde a pessoa vai ficar

  • Fazer quarentena por 10 dias e fazer mais exames no segundo e no oitavo dias.

No entanto, existem algumas exceções e algumas medidas extras dependendo de onde a pessoa vem.

Harry em 2020
Harry agora mora nos Estados Unidos com a mulher, Meghan Markle

Quem chega da Irlanda e de alguns outros locais considerados "área comum de viagens" no Reino Unido não precisa fazer os exames.

Se a pessoa vem de um dos países da "lista vermelha" (que inclui o Brasil), é preciso medidas extras, como fazer a quarentena em um hotel.

Como Harry chegou dos EUA, que atualmente não estão na lista, ele não precisará fazer a quarentena em um hotel.

O governo britânico explica que as pessoas podem fazer o isolamento em suas próprias casas, "com amigos e familiares" ou em um hotel ou outra forma de acomodação temporária.

Um porta-voz do duque de Sussex disse que ele está hospedado em sua antiga residência, o Frogmore Cottage, nos jardins do Castelo de Windsor, e está seguindo os regulamentos da pandemia.

Harry poderá assistir ao funeral?

Durante o lockdown as orientações para a realização de funerais na Inglaterra permitem que as pessoas que vieram do exterior para a cerimônia deixem seu local de quarentena "em certas circunstâncias, inclusive por motivos de compaixão".

Isso inclui o comparecimento ao funeral de um parente próximo ou um amigo.

A pessoa precisa se isolar em todos os outros momentos e deve seguir as regras de distanciamento social.

O príncipe Harry também poderia optar por encerrar quarentena de 10 dias com as novas regras do governo que permitem "liberação após testagem".

Isso permite que as pessoas na Inglaterra paguem por um exame particular de covid no quinto dia da quarentena — nas outras circunstâncias, os exames são gratuitos, providos pelo sistema de saúde público do Reino Unido, o NHS.

Se o exame particular tiver resultado negativo, a pessoa pode encerrar o isolamento. No entanto, se for positivo, é preciso se isolar por mais 10 dias.

Como será o funeral?

A cerimônia será transmitida pela televisão e será bem menor que os grandes eventos de Estado geralmente associados à morte de um monarca.

No dia do funeral, o caixão do príncipe Philip será transportado do castelo de Windsor para a Capela de São Jorge em um Land Rover especialmente modificado, que ele próprio ajudou a projetar.

Membros da Família Real, incluindo Charles, o príncipe de Gales, caminharão atrás do caixão. A rainha seguirá separadamente para a capela.

Apenas 30 pessoas - entre filhos, netos e outros parentes próximos do duque - poderão comparecer à cerimônia pelas regras de distanciamento social que vigoram em todo o país.

O gabinete do primeiro-ministro disse que Boris Johnson não comparecerá ao funeral para permitir que "tantos membros da família quanto possível" possam ir.

Os convidados manterão distanciamento e vão usar máscaras, de acordo com as restrições por causa da pandemia.

Armas militares farão disparos durante a procissão, o que levará oito minutos.

Oito carregadores devem levar o caixão com o corpo do príncipe Philip pelos degraus da capela. O caixão estará coberto com o estandarte do duque e uma coroa, além do chapéu naval do duque e sua espada.

A cerimônia será celebrada pelo deão de Windsor e pelo arcebispo de Canterbury, líder da Igreja Anglicana.

Estas 10 pessoas não estão incluídas no número de participantes permitido. Uma lista oficial de convidados será anunciada em breve.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!