Prós e contras de uma semana com 4 dias úteis

O equilíbrio entre vida profissional e pessoal sempre foi uma luta, mas as mudanças no mercado de trabalho podem deixar para trás antigos padrões. Algumas empresas, principalmente na Europa, têm adotado uma semana mais curta, com 4 dias úteis e três de folga. 

Funciona? As pessoas podem atingir a mesma produção em quatro dias que em cinco? E se sim, por que todos não estão fazendo isso? Vejamos o que sabemos até agora para ver a eficácia da semana de trabalho reduzida.