Praticante de pole dance aos 57 anos, ex-BBB Cida diz estar preparada para encarar 'No limite'

Leonardo Ribeiro
·2 minuto de leitura

Quase 20 anos depois de ficar em terceiro lugar no ''Big Brother Brasil 2'', Cida está pronta para voltar aos holofotes. A carioca, de 57 anos, confessa que adora esportes radicais e já teve treinamentos de sobrevivência na selva e na água, por conta da formação como aeromoça. Além disso, ela ainda pratica pole dance. Segunddo ela, essas habilidades podem ajudá-la em uma possível participação no reality show "No limite", que estreia em maio na TV Globo e contará apenas com ex-BBBs no elenco.

— Sou quase uma sessentona, né, querido. Brinco com todo mundo que já estou aqui me preparando para o ''No limite", se é que um dia vão me escolher (risos) — diz a ex-BBB.

O programa foi o primeiro da TV brasileira a misturar gincana com reality show e mostrava competição e sobrevivência em condições bem hostis. Ele teve quatro edições distintas, apresentadas pelo repórter Zeca Camargo, e o objetivo final era ganhar um prêmio em dinheiro. Este ano, o "No limite" será revivido com apresentação de André Marques.

— Não sei se teria condições físicas, mas seria bom até para testar meus limites. Eu me cuido, faço ginástica, já saltei de bungee jumping, fiz mergulho, gosto de esquiar na água, faço pole dance... Eu gosto de desafios — conta Cida.

Atualmente, Cida segue firme nos projetos de atuação. Toda semana tem feito leituras dramáticas de peças, sempre on-line, com transmissão ao vivo pelo Facebook do Coletivo Sem Ribalta. O projeto, idealizado pelo ator e produtor Limachem Cherem, foi selecionado pela Lei Aldir Blanc.

— Com o passar dos anos, a gente deixa de fazer muitas coisas e existe muito preconceito com as mulheres de 50, 60, 70, 80 anos... Por que não podemos recomeçar? Aprender coisas novas? Tudo que aparece, eu faço, ou tento, pelo menos. E adoro. É muito legal esse projeto porque reflete sobre a maturidade e também coloca muitos atores mais velhos para atuarem conosco, dando oportunidades — afirma a loura.