Preço da gasolina varia em cada cidade; veja onde é mais barato abastecer na viagem das férias

1 / 2

Gasolina

O estado do Rio tem cinco cidades entre as dez mais caras para abastecer no país.

Vai sair de férias e colocar o carro na estrada neste mês de janeiro? Calcular o gasto com gasolina, neste caso, é sempre difícil, pois a variação de preços é grande de uma cidade para outra e entre estados, por conta das diferentes margens de lucros das distribuidoras e das variadas alíquotas de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Mas uma pesquisa feita pela empresa de gestão de frotas ValeCard — com base nos preços médios das bombas em mais de cem destinos do país, apurados em dezembro — ajuda a estimar a despesa com combustível de acordo com cada região.

Para quem vai sair da cidade do Rio com destino a municípios da Região dos Lagos, por exemplo, vale mais a pena abastecer em Niterói, onde a gasolina custa em média R$ 5,102 do que esperar para colocar combustível nos municípios de Cabo Frio (R$ 5,225) ou Búzios (R$ 5,284), por exemplo.

O estado do Rio, aliás, tem cinco cidades entre as dez mais caras para abastecer no país: Armação dos Búzios, Cabo Frio, Angra dos Reis, Petrópolis, e Niterói. Na capital do Rio, o valor cobrado é de R$ 5,092.

Os dados mostram ainda que a gasolina mais barata é encontrada em sete cidades catarinenses: Balneário Camboriú, Blumenau, Itajaí, Imbituba e Florianópolis (veja a tabela ao lado). Para quem pretende viajar de carro à capital de São Paulo também vale a pena deixar para abastecer na cidade, onde o litro da gasolina custa em média R$ 4,262. Outras capitais próximas do Rio também possuem a gasolina mais barata. Em Belo Horizonte (MG), o litro sai a R$ 4,867, e em Vitória (ES), a R$ 4,654.

A pesquisa considerou os registros das transações feitas com o cartão de abastecimento da ValeCard em cerca de 20 mil estabelecimentos.

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o WhatsApp do Extra (21 99644 1263)