Preço das ações da grife francesa Dior atinge pico após anúncio de Jimin, do BTS, como embaixador global

O preço das ações da Dior alcançou nesta quarta-feira seu maior valor nominal, segundo dados da série história disponíveis em portais de finanças, como o do Wall Street Journal. O recorde, registrado pelo menos desde 2002, quando a moeda em países da União Europeia passou a ser o Euro, ocorre dois dias após o anúncio do cantor sul-coreano Jimin, integrante do BTS, como novo embaixador global da grife francesa. As contas de rede social da marca divulgaram imagens do artista vestindo criações de estilo esportivo do estilista Kim Jones, o que atraiu atenção dos armys (como os fãs são chamados) e, pelo visto, também dos investidores. O preço da ação atingiu 789 euros nesta quarta-feira, fechando em 785,5 euros. A Dior abriu capital em 1992.

Americanas: entenda como o caixa da empresa despencou de R$ 8 bi para R$ 800 milhões

Bolsa Família: governo Lula cria força-tarefa para definir exigências a beneficiários

"Em seu papel como novo embaixador global, JIMIN exemplifica o espírito atemporal e a singularidade da Dior ao dar continuidade a um vínculo criado em 2019 com Kim Jones, que projetou looks de palco para o @BTS_BigHit, e solidifica sua amizade com a Casa", diz a marca em post no Twitter.

Além disso, nesta quinta-feira, a empresa confirmou a presença de Jimin na Semana de Moda de Paris, que começou nesta terça-feira e vai até domingo, dia 22, com apresentação da coleção masculina de outono/inverno.

Quem também viajou para a França visando a participar do evento é J-Hope que, por sua vez, representa a Louis Vuitton. Enquanto isso, Suga chamou atenção na segunda-feira ao ter sido nomeado embaixador de marca da Valentino.

"Com Jimin anunciado como nosso novo embaixador global, temos o prazer de confirmar que ele também estará presente no desfile #DiorWinter23 by Kim Jones em Paris. Assista ao vivo no Twitter em 20 de janeiro às 15h CET [Horário da Europa Central]. Fiquem ligados!", diz postagem da Dior em rede social. (No horário de Brasília, a transmissão ocorre às 11h desta sexta-feira).

O trabalho musical mais recente de Jimin é uma parceria com Taeyang, do grupo BigBang, que lançou o videoclipe da canção "Vibe" na última sexta-feira. Segundo relatos da mídia sul-coreana, ele deve ser o próximo membro do BTS a gravar seu próprio álbum, tornando-se o quarto integrante a se lançar na carreira solo. O primeiro foi J-Hope (álbum "Jack in the box", seguido por Jin (single "The Astronaut") e RM (álbum "Indigo". Outros demais, Jungkook, Taehyung e Suga, também estão confirmados para fazer trabalhos solo neste ano.