Preço de imóveis residenciais tem primeira alta anual desde 2016, mas fica abaixo da inflação

Isabel Filgueiras, do Valor Investe
·1 minuto de leitura
Foto: Guito Moreto / Agência O Globo

O preço de venda dos imóveis residenciais subiu de 3,67% em 2020, aponta o Índice FipeZap, que monitora anúncios imobiliários em 50 cidades brasileiras. Esta é a primeira alta nominal (sem considerar a inflação) desde 2016. Na época, o preço médio avançou 0,57%.

Apesar do aumento num ano de pandemia e crise econômica, a média de alta ficou abaixo da inflação IPCA, projetada par 4,38% no período. Com isso, houve uma queda real (quando já se desconta o valor da inflação) de 0,68% de janeiro a dezembro de 2020. Em dezembro, último mês do ano, houve alta nominal de 0,46% e queda real de 0,75%.

Em 2019, os preços interromperam o ciclo de queda que se via desde 2017. Mas o ano se encerrou sem avanço, no zero a zero. O mercado imobiliário vem passando por dificuldades para se recuperar.