Preço de venda de imóveis residenciais inicia o ano de 2021 com alta de 0,35%

Yasmim Tavares, do Valor Investe
·1 minuto de leitura
Foto: Pablo Jacob / Agência O Globo

O preço médio de venda dos imóveis residenciais começou o ano de 2021 com alta de 0,35% em janeiro, depois de avançar 0,46% em dezembro do ano passado, de acordo com o Índice FipeZap. O indicador monitora os anúncios imobiliários on-line em 50 cidades brasileiras.

A variação mensal do índice ficou acima do comportamento esperado do IPCA para o mês, de 0,30%, de acordo com a estimativa publicada no último Boletim Focus, do Banco Central (BC). Caso a projeção para os preços ao consumidor seja confirmada, o valor médio de venda de imóveis residenciais iniciará o ano com tímida alta de 0,05% em termos reais, ou seja, descontando a inflação.

O desempenho positivo do preço médio de venda foi impulsionado pelas altas observadas nas seguintes capitais: Maceió (+1,82%), Manaus (+1,43%), Curitiba (+1,15%), Vitória (+0,90%), Florianópolis (+0,88%), Goiânia (+0,74%), João Pessoa (+0,72%), Brasília (+0,69%), Porto Alegre (+0,62%) e São Paulo (+0,46%).