Preço da gasolina cai 6,27% e chega a R$ 5,39 nos postos

O preço do combustível atingiu um dos menores patamares desde fevereiro de 2021 (Getty Image)
O preço do combustível atingiu um dos menores patamares desde fevereiro de 2021 (Getty Image)
  • Combustíveis ficaram mais baratos em período eleitoral

  • O preço da gasolina chegou a R$ 5,39 na primeira quinzena de setembro

  • Goiás foi o estado em que o produto ficou mais barato

Depois de muitos meses passando sufoco na hora de abastecer, os motoristas brasileiros começam a respirar aliviados. Na véspera das eleições, o preço da gasolina atingiu um dos menores patamares desde fevereiro de 2021.

Uma pesquisa realizada pela Ticket Log mostrou que o preço da gasolina chegou a R$ 5,39 na primeira quinzena de setembro. Esse é um valor 6,27% menor em comparação com Agosto. Já o etanol recuou 8,12% em relação ao mês passado e fechou o período custando R$ 4,55.

“De acordo com o Índice de Preços Ticket Log, os motoristas brasileiros já podem sentir no bolso os reflexos da última redução de 7% para a gasolina vendida às refinarias, anunciada no dia 1 de setembro, somada às demais ocorridas em julho e em agosto”, explicou Douglas Pina, Diretor-Geral de Mainstream da Divisão de Frota e Mobilidade da Edenred Brasil, ao Infomoney.

Em relação a janeiro, a queda representa uma redução acumulada de 22%. Para realizar o índice, foi observado o preço dos combustíveis em 21 mil postos credenciados da Ticket Log.

A região Norte do país é a com o maior preço médio da gasolina (R$ 5,66). Já o Sul registrou a menor média do país (R$ 5,12). O etanol mais barato do Brasil está no Centro-Oeste (R$ 3,78).

Goiás foi o líder do ranking da gasolina mais barata, vendida a R$ 4,97, enquanto a gasolina e o etanol vendidos em Roraima a R$ 6,24 e R$ 5,64, respectivamente, foram considerados os mais caros do país.