Prefeito de Atalaia do Norte lamenta morte de indigenista e jornalista: 'crime bárbaro e cruel'

A prefeitura de Atalaia do Norte (AM) manifestou seu pesar pela morte do indigenista da Funai, Bruno Pereira, e do jornalista inglês, Dom Phillips. A nota, assinada pelo prefeito do município, Denis Linder Rojas de Paiva, chegou após a divulgação na noite de ontem de que "remanescentes humanos" teriam sido encontrados em escavações após a confissão e indicação de um dos suspeitos do local. "Um crime bárbaro e cruel que tirou a vida de dois apaixonados pela Amazônia, profissionais que desempenhavam trabalhos de extrema relevância para a preservação dos Povos Indígenas do Vale do Javari, principalmente os povos isolados e de recente contato localizados no nosso município", disse a nota. A morte de Dom e Bruno ainda não foram confirmadas oficialmente pela Polícia Federal, que enviou os "remanescentes humanos" localizados para análise da perícia em Brasília.

Leia a nota na íntegra:

"A Prefeitura de Atalaia do Norte lamenta a morte do indigenista da Funai, Bruno Pereira, e do jornalista inglês, Dom Phillips, confirmada nesta quarta-feira (15/06), pela Polícia Federal. Um crime bárbaro e cruel que tirou a vida de dois apaixonados pela Amazônia, profissionais que desempenhavam trabalhos de extrema relevância para a preservação dos Povos Indígenas do Vale do Javari, principalmente os povos isolados e de recente contato localizados no nosso município.

Nos solidarizamos com os familiares de Bruno e Phillips, e também com os amigos, colegas de trabalho e admiradores. Atalaia do Norte presenciou os dias mais sombrios e trágicos de sua história recente. Foram dias de angústia que se encerraram hoje, infelizmente com um desfecho tão triste. Que a justiça seja feita e que os culpados e mandantes deste crime sejam punidos.

Atalaia do Norte, a Amazônia e o mundo estão de luto!

Denis Linder Rojas de Paiva - Prefeito de Atalaia do Norte"

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos