Prefeito de Belém volta ao trabalho depois de duas internações por Covid-19

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

BELÉM, PA (UOL/FOLHAPRESS) - O prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues (PSOL), retornou nesta terça-feira (16) ao trabalho depois de 40 dias de afastamento para tratamento da Covid-19. Ele passou por duas internações seguidas. Na segunda vez, diagnosticado com a variante delta, teve que ser submetido a duas cirurgias para conter hemorragias internas.

Edmilson foi contaminado mesmo estando com a vacinação completa. A imunização, segundo os organismos internacionais de saúde, pode não evitar a infecção, mas reduz os riscos de quadros graves da Covid-19.

O prefeito, de 64 anos, foi diagnosticado com a doença no dia 1º de outubro e internado no dia 6. Ele ficou 12 dias em um hospital particular da capital paraense. Uma semana depois, foi para a unidade de urgência e emergência de outro hospital, após sentir fortes dores nas costas.

Os médicos diagnosticaram hemorragia provavelmente causada pelo uso de medicamentos anticoagulantes para tratar a doença. O prefeito precisou fazer duas cirurgias e transfusões de sangue. Isso motivou uma campanha, em virtude tipo raro de sangue, A-.

Depois da alta, Edmilson continuou o tratamento em casa, retornando apenas nesta terça à prefeitura. Em suas rede sociais, o prefeito agradeceu a recepção na volta ao trabalho: "Já estou de volta. Com saúde e muita disposição. Mais uma vez muito obrigado".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos