Prefeito Charlinho e vice Abelardo Goulart têm mandatos cassados pela Câmara de Itaguaí

Acusados de nepotismo, o prefeito de Itaguaí Carlo Busatto, o Charlinho, e o vice-prefeito Abelardo Goulart, o Abelardinho, tiveram os mandatos cassados pela Câmara Municipal. A sessão  terminou na manhã desta sexta-feira, e o resultado foi de 13 a 4 a favor do impeachment. O presidente da Câmara assume ainda nesta sexta-feira. As informações são do "G1".

Charlinho nomeou a esposa, Andréia Busatto, como secretária de Educação. Já Albelardo colocou a filha, Érika Goulart, como secretária de Esportes. Em sua defesa, o prefeito negou ter cometido improbidade e acusou os vereadores de tentarem um golpe. O procurador-geral do município, Alexandre Oberg, fez a defesa do vice-prefeito.

Esta foi a quarta sessão de impeachment feita pela Câmara de Itaguaí. Nas outras três o pedido foi negado.