Prefeito de Criciúma demite professor por exibir clipe LGBTQIA+: “Viadagem na sala de aula”

·2 minuto de leitura
  • Clésio Salvaro fez uma declaração homofóbica nas redes sociais ao anunciar a demissão do professor

  • O profissional foi exonerado depois de exibir um clipe do cantor Criolo a alunos de uma escola municipal

  • O prefeito será denunciado por homofobia por um grupo de vereadores de Criciúma

Prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro (PSDB) anunciou na noite da última quarta-feira (25) a demissão de um professor da rede pública pela exibição de um clipe com temática LGBTQIA+. Em vídeo compartilhado nas redes sociais, ele disse que não vai tolerar “viadagem na sala de aula”.

Na última terça (24), um professor contratado em caráter temporário pela Escola Municipal Pascoal Meller apresentou aos alunos do nono ano o clipe Etérea, do cantor Criolo.

Leia também:

O pai de um dos alunos ficou sabendo do episódio, considerou o conteúdo inapropriado e manifestou sua insatisfação, dando início à viralização do ocorrido. A repercussão foi tanta que chegou aos ouvidos de Salvaro.

“Estou determinando a imediata exoneração do professor que, em sala de aula, expôs aquele vídeo erotizado, inapropriado, para os alunos da rede pública. Não permitimos, não toleramos. Está demitido este profissional”, declarou em vídeo publicado no próprio perfil do Instagram.

Prefeito divulgou vídeo com a fala homofóbica - Foto: Reprodução/Instagram
Prefeito divulgou vídeo com a fala homofóbica - Foto: Reprodução/Instagram

O prefeito emendou com uma declaração homofóbica e ainda convocou os pais a denunciarem episódios semelhantes aos ocorridos no início da semana.

“Nas escolas do município, enquanto eu estiver aqui de plantão, não vai acontecer este tipo de atitude, esta viadagem na sala de aula. Nós não concordamos. Se os pais souberem de algo parecido, por favor, entrem em contato com a prefeitura, que o profissional será exonerado de forma imediata, sem chances de continuar sendo funcionário da prefeitura.”

Prefeito será denunciado

Nesta quinta-feira, (26), a vereadora Giovana Mondardo (PCdoB) explicou que ela e um grupo de colegas estão preparando uma denúncia contra Salvaro por homofobia. “Este assunto é constrangedor para Criciúma”, disse ao site NSC Total.

“O termo que ele utilizou, de que essa ‘viadagem’ não será tolerada em sala de aula, além de homofóbico, caracteriza um prefeito que abriu mão das pautas urgentes. Segundo o Ministério da Cidadania, são mais de 10 mil pessoas vivendo em situação de miséria aqui na cidade. Temos problemas sérios de desemprego, da vida real, que vão além da pandemia”, declarou.

O vídeo de Criolo

O videoclipe exibido em sala pelo professor tem 1,1 milhão de visualizações no YouTube e mostra pessoas das mais diversas identidades de gênero exibindo performances artísticas.

A música, que defende a liberdade, a pluralidade sexual e a “quebra de padrões”, foi indicada ao prêmio de melhor canção em língua portuguesa no Grammy Latino de 2019.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos