Prefeito decide afastar direção de hospital de Rio da Ostras após família denunciar sumiço de corpo na unidade

RIO - O prefeito de Rio das Ostras, Marcelino Borba, decidiu, na noite desta quarta-feira, afastar a direção do hospital municipal da unidade. A medida foi tomada após o neto de Raimundo Batista de Oliveira, de 85 anos, denunciar que o corpo do avô desapareceu na unidade de saúde. De acordo com vídeos de Israel Gonçalves, ao chegar ao hospital, a funerária que faria o transporte do cadáver até um cemitério em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, não o localizou. Raimundo morreu na última terça-feira com suspeita de Covid-19.

"Estou aqui na delegacia de Rio das Ostras. Ontem (terça-feira) a gente recebeu a notícia de que meu avô tinha falecido no pronto-socorro da Prefeitura de Rio das Ostras. E hoje, quando fomos fazer o enterro do meu avô, a funerária veio aqui para buscar o corpo do meu avô e infelizmente o corpo dele desapareceu. Eu não sei a quem recorrer (...) A gente não conseguiu fazer o sepultamento do meu avô porque o corpo dele sumiu (...) A pergunta que não quer calar é: cadê o corpo do meu avô? Se foi enterrado por outra família a gente também não sabe", disse Israel num dos vídeos.

Em outro vídeo, feito no hospital à noite, Israel afirmou que a família continuava sem informações sobre o corpo de Raimundo. Ele disse, também, que nenhum dos parentes foi procurado por autoridades do município.

Em nota, a Polícia Civil informou que "de acordo com a 128ª DP (Rio das Ostras) o caso a princípio foi registrado como destruição, subtração ou ocultação de cadáver, e as partes ainda estão sendo ouvidas para apurar as circunstâncias do caso".

Prefeito cita troca de corpos

Depois de a denúncia ser feita, o prefeito Marcelino Borba também recorreu à internet para dar um posicionamento sobre o caso. Em um vídeo publicado no perfil oficial da prefeitura no Facebook, ele disse ter ficado indignado com o que aconteceu e citou uma troca de corpos.

"Vamos entrar com um processo administrativo afastando a direção, a coordenação do pronto-socorro e quero ter um desfecho", afirmou ele.