Prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella vai receber aposentadoria especial

Fátima Meira/Futura Press

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, recebeu o direito de receber aposentadoria como senador. Com a decisão, o prefeito terá direito a pouco mais de um terço do salário de um membro do Senado, o equivalente a de R$ 12,5 mil.

Em outubro do ano passado, o prefeito completou 60 anos, tornando-se elegível para o recebimento do benefício, de acordo com a lei do Senado. O valor varia de acordo com o tempo de exercido do mandato. No caso de Crivella, o período de trabalho vai de 2003 até 2016, quando deixou o cargo para ocupar o Ministério da Pesca no governo federal.

A proposta de reforma da Previdência enviada ao Congresso pelo governo federal nos últimos meses prevê mudanças nas regras para a aposentadoria de parlamentares. O texto indica que para ter acesso ao benefício, é preciso ter pelo menos 65 anos de idade, cinco a mais do que possui o político atualmente.

Questionada pelo jornal O Globo, a assessoria do prefeito informou que ele possui 41 anos de trabalho registrados no INSS e que o pedido foi realizado com base na contribuição recolhida. Crivella declarou ainda que não vai acumular salários, abrindo mão do pagamento pela função de prefeito, que tem valor bruto de R$ 18,8 mil.