Prefeitura anuncia quarta dose da vacina contra a Covid-19 para maiores de 50 anos no Rio

Após o Ministério da Saúde autorizar a vacinação da quarta dose contra a Covid-19 para maiores de 50 anos, a prefeitura do Rio anunciou que a imunização com o reforço já estará disponível nos postos a partir desta sexta-feira (3). Para estar apto a receber a quarta dose é preciso ter recebido a terceira vacina contra o coronavírus há quatro meses ou mais.

Suspeita de envenenamento: Perícia detecta pedrinhas em estômago de enteado e sugere chumbinho; madrasta está presa

'Vivi para contar': 'Ela chora e me pergunta se é feia' diz mãe da menina vítima de ofensa racista

Falta de medicamentos: Secretários de Saúde do Rio relatam falta de 134 remédios injetáveis e apontam crise de desabastecimento iminente

Em coletiva realizada na tarde desta quarta-feira, o prefeito Eduardo Paes falou a respeito do aumento de casos de Covid-19 na cidade e disse que não implantará medidas restritivas no momento, pois o município não passa por uma situação "grave". A prefeitura, no entanto, vai recomendar o uso de máscaras para idosos, pessoas com comorbidade e crianças nas escolas. E também voltará com os centros de testagem, inicialmente em três locais: Gávea, na Zona Sul, Tijuca e Complexo do Alemão, ambos na Zona Norte.

De acordo com a análise atual dos técnicos da prefeitura, o aumento de casos de Covid-19 nesta época do ano já era esperado, como ocorre com outras doenças respiratórias. O crescimento nos números nas últimas semanas não foi acompanhado por mais óbitos ou outros indicadores, como o de mortalidade e letalidade. De acordo com os dados da prefeitura, a taxa de mortos pela doença a cada 100 mil habitantes despencou de 241,7 em 2021 para 26,3 neste ano. A letalidade, número de óbitos por coronavírus entre aqueles que testaram positivo, reduziu de 5,6% no ano passado para 0,4% em 2022.

— Nas últimas três semanas percebemos uma quantidade maior de pessoas no nosso entorno relatando casos com a Covid-19. Temos também neste momento de temperatura mais fria mais propensão à Síndrome Gripal, que representam 80% dos casos de pessoas que aparecem nas unidades de saúde e são testadas. É mais adequado que as pessoas com alguma comorbidade e idosos se protejam mais, vamos sugerir que elas utilizem máscaras. Vemos alguns surtos surgindo em algumas escolas e recomendamos que encaminhem as crianças para as escolas com máscara — disse o prefeito.

Os três centros de testagem serão implantados no Centro Municipal de Saúde (CMS) Píndaro de Carvalho Rodrigues, na Gávea; CMS Heitor Beltrão, na Tijuca; e CMS Zilda Arns, no Complexo do Alemão.

Segundo o município, esses foram os locais onde houve maior alta no número de casos da doença em toda a cidade. Nessas unidades, serão montadas tendas para reforçar o atendimento a pessoas com sintomas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos