Prefeitura de Cabo Frio proíbe circulação de ônibus de turismo no feriado e provoca queixas da hotelaria

A Prefeitura de Cabo Frio proibiu, nesta quinta-feira, a circulação de ônibus de turismo na cidade, durante o feriado de Corpus Christi, o que provocou queixas do setor de hotelaria do município. Os coletivos podem apenas embarcar e desembarcar no Terminal de ônibus que fica situado na avenida Wilson Mendes 800, no bairro Jacaré. O decreto 6.864 fixou a proibição, com o objetivo de retomar a exposição dos tradicionais tapetes de sal.

Origem: Entenda o significado por trás do feriado

Feriadão de temperatura baixa: Rio tem madrugada mais fria do ano: 11,8 graus no Alto da Boa Vista

Empresários e turistas alegam que foram pegos de surpresa com o decreto.

— Gostaríamos de ter sido avisados com antecedência pela prefeitura de Cabo Frio, para que pudéssemos ter preparado uma operação logística que possibilitasse levar os hospedes aos seus meios de hospedagem contratados. Sem isso geramos um grande transtorno para aqueles que estão na cidade — afirma Carlos Cunha, presidente da Associação de Hotéis de Cabo Frio, instituição que representa os hotéis e pousadas na cidade.

Segundo Cunha, turistas que estavam hospedados desde o início da semana em um tradicional hotel da Praia do Forte se indignaram com a medida, sem comunicação prévia. Com saída prevista para esta quinta-feira, acrescenta Cunha, o organizador da excursão teve que alugar veículos para transportar os passageiros e bagagens, sem poder repassar o custo extra para os turistas.

As ruas de Cabo Frio foram enfeitadas, no Centro, e em Unamar, no distrito de Tamoios.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos