Prefeitura de SP exige 'passaporte da vacina' a partir de 1º de setembro

·1 minuto de leitura
Consumers flock to popular shopping streets in Sao Paulo, Brazil, on July 31, 2021. Brazil counted 910 deaths by covid-19 in the last 24 hours, according to the balance on July 31, 2021 of the Conass (National Council of Health Secretaries). With this number, the total number of deaths in Brazil in this pandemic reaches 556,370. 37,582 new cases were also reported, with a total of 19,917,855 infections.  (Photo by Cris Faga/NurPhoto via Getty Images)
Capital paulista já não tem restrições de funcionamento no comércio
  • Nunes chegou a adiar a publicação do decreto

  • Passaporte poderá ser apresentado na versão física ou digital

  • Estabelecimentos que burlarem regra poderão ser até interditados

O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes, publicou neste sábado (28), no Diário Oficial, um decreto que institui o "passaporte da vacina", a partir de 1º de setembro, para todos os eventos da cidade com mais de 500 pessoas.

De acordo com o decreto, a exigência do comprovante de vacinação vai valer para shows, feiras, congressos e jogos. A pessoa terá que apresentar o comprovante físico ou virtual de ao menos uma dose da vacinação contra a Covid-19.

Leia também:

“Os estabelecimentos e serviços pertencentes ao setor de eventos, tais como shows, feiras, congressos e jogos, com público superior a 500 pessoas, deverão, a partir do dia 1º de setembro de 2021, solicitar ao público, para acesso ao local do evento, comprovante de vacinação do cidadão contra COVID-19, que será autenticado pelo Passaporte da Vacina previsto no artigo 1º deste decreto. (...) Será exigida, no mínimo, a comprovação da primeira dose da vacina”, disse o texto do decreto.

Bares e shoppings fora

Os participantes dos eventos poderão apresentar o “passaporte da vacina” pelo QR Code, disponível no aplicativo E-saúde, da Secretaria Municipal da Saúde, ou comprovante físico da imunização.

Bares, restaurantes e shoppings, por enquanto, ficaram de fora da obrigação do passaporte da vacina e ainda não há data para entrarem nesse circuito.

Os estabelecimentos que não respeitarem a exigências do decreto deste sábado (28) ficarão sujeitos à multa e até interdição do local.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos