Prefeitura de SP pode adiar liberação de máscara por medo da variante Ômicron

·1 min de leitura
Cyclist photographed on Paulista Avenue, in Sao Paulo, pedaling with protective mask and raincoats in cloud day
Ciclista usa máscara na Av. Paulista, em São Paulo. Foto: Getty Images.
  • Liberação está prevista para o dia 11 de dezembro

  • Gestão municipal espera resultado de estudo próprio

  • Brasil já fechou fronteiras para seis países

A Prefeitura de São Paulo poderá adiar a liberação do uso de máscaras em ambientes externos por conta da preocupação internacional com a variante Ômicron do coronavírus. A obrigatoriedade está prevista para acabar no dia 11 de dezembro.

O secretário municipal da Saúde, Edson Aparecido, afirmou, nesta segunda-feira (29), que considerou ser temerário manter a previsão de liberação para as próximas semanas.

A nova cepa foi identificada primeiro na África do Sul e foi classificada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como uma variante de preocupação. Além disso, segundo especialistas, é a que mais apresenta mutações até o momento.

O governo municipal realizou um estudo próprio para avaliar a possibilidade de liberação do uso de máscara. Um novo parecer sobre o tema deve ser divulgado no dia 6 de dezembro, quando devem ser concluídas as análises realizadas pela Secretaria Municipal da Saúde.

No momento, a variante Ômicron foi detectada em 14 países. O Brasil ainda não tem nenhum caso confirmado, mas um passageiro que chegou da África do Sul pelo Aeroporto de Guarulhos no sábado testou positivo para covid-19 e está em quarentena.

A amostra do passageira será analisada e o Instituto Adolfo Lutz, vinculado à Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, fará o sequenciamento genômico.

Além disso, o Brasil passa a ter nesta segunda-feira (29) restrições a voos provenientes da África do Sul, Botsuana, Essuatíni, Lesoto, Namíbia e Zimbábue, para evitar a entrada da variante Ômicron do coronavírus.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos