Prefeitura do Rio prorroga medidas restritivas, mas permite flexibilização

·1 minuto de leitura
RIO DE JANEIRO, BRAZIL - MARCH 26: An aerial view of Copacabana beach during a partial lockdown on March 26, 2021 in Rio de Janeiro, Brazil. The state of Rio de Janeiro created an
Na cidade do Rio de Janeiro, mesmo com flexibilização, segue proibido ficar na areia da praia (Foto: Buda Mendes/Getty Images)
  • Rio de Janeiro terá reabertura de escolas a partir de 5 de abril

  • Bares, restaurantes, lanchonetes e quiosques poderão reabrir em 9 de abril

  • Continua sendo proibido ficar na areia da praia

A Prefeitura do Rio de Janeiro prorrogou medidas de restrição para frear o contagio pelo coronavírus. Mas, também haverá a possibilidade de flexibilização na cidade, incluindo a reabertura de escolas.

Na última semana, Eduardo Paes decretou regras foram para a chamada “pausa emergencial”. As medidas foram prorrogadas até a próxima quinta-feira (8). No dia 9, bares e restaurantes poderão reabrir na cidade do Rio. 

Leia também:

Reabertura de escolas

A partir do dia 5 de abril, as escolas poderão voltar a funcionar. Inicialmente, na segunda-feira, os colégios abrem de forma administrativa. As aulas presenciais voltarão normalmente na cidade a partir de terça-feira (6).

O que volta a abrir no dia 9 de abril

A flexibilização das normas da “pausa emergencial” começa a valer no dia 9, quando restaurantes, bares, lanchonetes e quiosques da orla podem funcionar até às 21h. Após esse horário, os sérvios podem funcionar por delivery.

O comércio pode funcionar entre 10h e 18h, enquanto os serviços estão permitidos das 12h às 21. Clubes também pode abrir, entre 11h e 21h.

O que mais volta a funcionar a partir do dia 9, entre 12h e 21.

  • Museus

  • Zoológicos

  • Galerias

  • Bibliotecas

  • Teatros

  • Cinemas

O que continua proibido

  • Ficar na areia da praia

  • Eventos

  • Entrada de ônibus intermunicipais fretados com turistas

  • Baladas e boates

  • Comércio de ambulantes