Prefeitura irá analisar pedido do Flamengo para que público retorne ao Maracanã

·1 minuto de leitura

O Flamengo protocolou nesta quarta-feira, junto à Secretaria municipal de Saúde do Rio de Janeiro, um pedido para que 10% da capacidade do Maracanã seja liberada para receber públicos durante as partidas. O clube afirmou que está “atualizando e incrementando” o modelo da Copa América de 2021, anteriormente aprovado pela Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro.

A mesma capacidade de público foi autorizada pela Prefeitura para a final da Copa América, no último sábado. Na ocasião, a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) autorizou a entrada de 5,5 mil pessoas, mas houve confusão na entrada dos torcedores.

A prefeitura, inclusive, chegou a multar a CBF por terem acontecido diversos desrespeitos as normas como aglomeração, falta de uso de máscara, pessoas que não cumpriram o distanciamento mínimo e entrega de exames PCR falsos.

A Secretaria municipal de Saúde informou que recebeu o pedido do Flamengo às 17h55 desta quarta-feira e que irá analisar o documento entregue. O Flamengo, por sua vez, afirma que tem experiência na operação do estádio.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos