Prefeitura muda horário de feiras livres em São Paulo; veja como fica

***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 09.08.2022 - Cliente escolhe produtos em barraca de feira livre na rua Ministro Godói, em Perdizes, SP. (Foto: Danilo Verpa/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 09.08.2022 - Cliente escolhe produtos em barraca de feira livre na rua Ministro Godói, em Perdizes, SP. (Foto: Danilo Verpa/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Prefeitura de São Paulo mudou o horário de funcionamento das feiras livres na capital paulista. Segundo decreto publicado no último sábado (3), a comercialização deverá ser realizada entre 8h e 14h. Até então, a permissão era entre 7h30 e 13h.

De acordo com o decreto, o descarregamento de equipamentos e mercadorias e a montagem das bancas devem ocorrer entre 7h e 8h, ou seja, não mais invadindo o fim da madrugada e o início da manhã.

O decreto também determina que entre 14h e 14h45 devem ocorrer a desmontagem das bancas e o carregamento dos caminhões com os equipamentos e as mercadorias, para todos os grupos de comércio.

Neste horário, diz o texto, é preciso deixar todo o lixo devidamente ensacado, "de modo que o local de funcionamento da feira esteja absolutamente livre e desimpedido de pessoas e coisas, permitindo a circulação de veículos e a execução de serviços de limpeza e higienização".

Atualmente, são mais de 940 feiras realizadas em toda a cidade, segundo a Secretaria Municipal de Subprefeituras.

As mudanças de horário, que já estão valendo, foram citadas pelo prefeito Ricardo Nunes (MDB) no último dia 25 de agosto, durante a cerimônia que comemorou os 108 anos de feiras livres na cidade de São Paulo.

A prefeitura também pretende implantar QR codes nas bancas para que o consumidor conheça o nome do comerciante e tenha outras informações do local.

Também foi anunciado o projeto-piloto de instalação de banheiros, começando em 108 feiras livres. De acordo com o secretário executivo de Segurança Alimentar, Nutricional e Abastecimento, Carlos Eduardo Fernandes, serão duas cabines, sendo uma para pessoas com deficiência. A previsão é que a instalação, em regime de teste, seja feita a partir da segunda quinzena de setembro.

Horários - como fica

7h às 8h - descarregamento de equipamentos e produtos, e montagem das barracas

8h às 14h - funcionamento da feira livre

14h às 14h45 - desmontagem e carregamento de equipamentos e produtos; via precisa ficar livre com lixos ensacados