Prefeitura multa em R$ 140 mil evento que espalhou sujeira na praia do Recreio; show não tinha autorização

O prefeito do Rio, Eduardo Paes, fez uma postagem na tarde desta segunda-feira para denunciar a realização de um show do Grupo Clareou que lotou a Praia do Recreio, na Zona Oeste do Rio. Segundo o prefeito, o grupo não tinha autorização da prefeitura para a realização do evento. O valor total da multa aplicada aos responsáveis é de R$ 140.928,80. Nesta segunda-feira, postagens denunciando a sujeira e poluição da praia tomaram as redes sociais.

Momento de teste: Escolas de samba abrem temporada de ensaios técnicos

No centro do debate político-social, Nordeste será retratado em metade dos enredos

Entre os agravantes aplicáveis à penalização aos organizadores estão o dano ambiental, o volume gerado, a forma de disposição, a área afetada, o dano paisagístico e a não apresentação do plano de resíduo. O prefeito informa ainda que o fato de os resíduos não terem sido recolhidos em até 12 horas após o evento, permite majorar em 100%, resultando no valor máximo de R$ 136.428,80, mais multa de R$ 4.500,00 pelo uso indevido da área pública.

Em sua primeira publicação no Instagram, Paes afirmou:

“Na tarde de ontem a praia do Recreio dos Bandeirantes foi local da realização de um evento não autorizado pela prefeitura realizado pelo grupo Clareou. Como pode ser visto na imagem consta o despacho do subprefeito @raphael.lima.rio negando a solicitação. Mesmo assim o grupo, por quem sempre tive respeito e admiração, insistiu em promover o seu show. Pelos motivos óbvios a prefeitura não autoriza este tipo de evento que gerou enorme transtorno e sujeira na região” escreveu.

Entre as vítimas, bebês de menos de 1 ano e idosa: Anestesista colombiano é preso no RJ por estuprar mulheres em cirurgias

Nesta segunda-feira, moradores denunciaram a sujeira deixada na orla após a apresentação do grupo.

Segundo a Comlurb, foram retiradas 68 toneladas de lixo da Praia do Recreio neste domingo. Em nota, a empresa de limpeza urbana também afirmou que multou um evento musical em um quiosque, com base no artigo 106 da Lei de Limpeza Urbana (Lei 3.273) , pelo fato de eles não terem feito a remoção dos resíduos gerados.

A Secretaria de Ordem Pública informou, em nota, que o evento no Recreio não foi autorizado. Além disso, o órgão disse que realizou, em conjunto com a Guarda Municipal, ações de ordenamento urbano e controle de trânsito no Recreio dos Bandeirantes ao longo de todo o fim de semana. Só no domingo, foram registradas 172 autuações por infrações de trânsito e 12 remoções por estacionamento irregular no bairro da Zona Oeste.

Fiscalização

Nas ações realizadas em outros pontos da cidade do Rio, foram apreendidos cerca de 2 mil produtos de ambulantes irregulares, e registradas mais de 373 infrações de trânsito, além de 97 remoções de carros por estacionamento irregular.

No sábado, uma equipe da Guarda Municipal também impediu um grupo de oito pessoas de descerem o viaduto do Joá, na Zona Oeste da cidade, de rapel. Os agentes avistaram o grupo no momento que estavam iniciando a ação e orientaram sobre os riscos da prática e também para a falta de autorização. Os esportistas atenderam à solicitação e foram liberados.