Prefeitura de Niterói já implantou microchips em 880 cães e gatos

Ferramentas tecnológicas tem sido as apostas da Coordenadoria de Defesa Animal (Ceda) da Prefeitura de Niterói para ajudar a combater o abandono de animais doméstico e ajudar na localização dos tutores, em casos de desaparecimentos. Desde agosto de 2022, cerca de 880 animais domésticos tiveram microchips implantados. Os procedimentos são feitos durante as cirurgias de castração realizadas no Centro de Controle Populacional de Animais Domésticos (CCPAD) e no castramóvel do município.

Fauna: Cobras, corujas e lagartos estão entre os animais silvestres resgatados em residências em Niterói

Filhotes: Berçário de jacarés vira atração no Parque Orla Piratininga, em Niterói

Com o microchip, em breve, os animais poderão ser rastreados pelos donos por meio do aplicativo Niterói Animal, que tem previsão de entrar em funcionamento este ano. O sistema irá oferecer uma ferramenta de georreferenciamento que ajudará a localizar bichinhos que se perderem ou forem abandonados na cidade.

Junto com o implante, feito na escápula, os donos dos bichinhos também recebem uma medalhinha para colocar nas coleiras. O objeto possui um QR Code, que ao ser acessado com um smartphone exibe os dados do tutor para acionamento, caso ele esteja perdido.

— Se um animal que tem a medalhinha for encontrado sozinho na rua será possível escanear o código para localizar o tutor e apurar se o pet se perdeu ou foi abandonado. No segundo caso, o dono do animal pode ser imputado por crime de abandono. Essas ferramentas são muito importantes e exemplo da seriedade da política de proteção animal em Niterói— afirma Marcelo Pereira, coordenador de Defesa Animal da Prefeitura de Niterói.

No último dia 6 de janeiro, a iniciativa da Ceda ganhou uma madrinha. A cadela Mirabel, uma vira-lata de 2 anos que mobilizou as redes sociais por ter se perdido de sua dona após se assustar com um barulho na praia de Icaraí, no dia 2 de janeiro. Depois de ter sua foto compartilhada por milhares de pessoas, ela foi encontrada na mata, atrás do clube Rio Cricket. Mirabel foi então levada ao CCPAD e recebeu a medalhinha com QR Code.