Prefeitura de Petrópolis informa que município teve primeira morte por coronavírus

Prefeitura espalhou placas orientado a população sobre pontos de apoio

A Prefeitura de Petrópolis divulgou nota informando que o município serrano contabiliza a primeira morte por coronavírus, ocorrida na noite desta sexta-feira. A vítima, segundo as informações, seria um paciente de 65 anos de idade, que estava internado no Hospital Santa Teresa, desde que voltou de uma viagem ao Egito, no começo de marco, com escala nos Estados Unidos. A mulher dele, de 67, está na UTI da mesma unidade pertencente à rede privada. No entanto, a Secretaria de Estado de Saúde ainda não confirmou esse óbito.

A informação foi divulgada tanto nas rede sociais do prefeito Bernardo Rossi como da prefeitura. Ainda segundo a nota, o município tem hoje 24 casos sendo investigados e aguardando resultados de exames realizados em laboratórios do Estado. Outro caso teria sido confirmado na manhã da última quinta-feira, de uma mulher de 29 anos. Ela teria contraído a doença numa viagem a Salvador e São Paulo.

— A cidade precisa entender que estamos lidando com uma doença séria e se comportar com maturidade. Todos estão sentindo na pele o peso das duras medidas que tivemos que adotar. Preciso que entendam que é para o bem de todos os moradores. Fiquem em casa e saiam às ruas apenas em caso de extrema necessidade — alertou o prefeito, na nota.

Entre as medidas adotadas pelo município, está a colocação de placas informativas no Bingen e no Quitandinha, sinalizando o caminho para o ponto de apoio na UPA para pessoas que estejam apresentando possíveis sintomas da doença. A prefeitura também já havia proibido a entrada de ônibus com origem de cidades e estados com casos de circulação do vírus. O prefeito também divulgou decreto determinando que os estabelecimentos só poderão ficar aberto ao público até às 16h.