Prefeitura do Rio suspende concursos e convocação de aprovados

Extra
·1 minuto de leitura
Foto: Guito Moreto / Agência O Globo

Diante da situação de penúria dos cofres públicos e sem capacidade financeira para quitar o pagamento do 13° salário a todos os servidores, a Prefeitura do Rio decidiu encomendar um estudo para a extinção de entidades da administração indireta, como fundações e empresas públicas.

E, diante de um quadro em que a prefeitura tem ultrapassado o teto de gastos com o pagamento de servidores, ficam suspensos os concursos públicos, assim como a convocação de concursados, até que sejam normalizados os limites legais da despesa com pessoal estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

— Estamos começando com tarefas básicas de recuperação da saúde financeira da cidade. Vamos, principalmente, voltar a cumprir as regras públicas devidas, como adequação à LRF, partindo das despesas com pessoal — afirma Pedro Paulo, que assumiu nesta sexta-feira a Secretaria de Fazenda e Planejamento.