Prefeitura de São Paulo vai instalar motofaixa na 23 de Maio

·2 min de leitura
*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, BRASIL, 22-09-2021 - ALERTA DE EXCESSO DE ALTURA - A CET instalou um sensor de alerta de excesso de altura na avenida 23 de Maio embaixo do viaduto Euclides Figueiredo (Foto: Ronny Santos/Folhapress)
*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, BRASIL, 22-09-2021 - ALERTA DE EXCESSO DE ALTURA - A CET instalou um sensor de alerta de excesso de altura na avenida 23 de Maio embaixo do viaduto Euclides Figueiredo (Foto: Ronny Santos/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O prefeito Ricardo Nunes (MDB) decidiu instalar uma motofaixa na avenida 23 de Maio, uma das principais vias da capital paulista, atendendo a uma demanda de motociclistas.

Esse tipo de iniciativa já foi tentada na cidade de São Paulo, mas governantes desistiram após aumento de acidentes em vias.

Essa motofaixa tem uma característica diferentes das instaladas anteriormente à esquerda, por ficar entre os veículos, no corredor onde os motociclistas já circulam. O espaço, no entanto, é maior.

Nesta segunda-feira (10), a gestão Nunes convocou uma coletiva de imprensa para anunciar o projeto piloto da Faixa Azul, "que tem por objetivo organizar o espaço compartilhado entre os automóveis e as motocicletas, pacificar e humanizar o trânsito da cidade de São Paulo".

A medida é criticada por especialistas. "É assustador a prefeitura tomar uma medida na contramão de todas as políticas de segurança do trânsito que estão em avanço no mundo e contra dados da própria CET, que já mostraram que aumentar a velocidade dos motociclistas aumenta as ocorrências", disse Rafael Calábria, do setor de mobilidade do Idec (Instituto de Defesa do Consumidor).

O próprio relatório da CET aponta problema neste tipo de iniciativa. "Citadas ainda por muitos como uma possível solução para a circulação de motocicletas em São Paulo, as faixas exclusivas para a circulação de motocicletas já foram testadas e não apresentaram o resultado esperado", diz um documento da companhia, publicado em 2018.

O documento cita uma série de dados. Em 2006, na gestão do Gilberto Kassab (PSD), foi instalada uma motofaixa na avenida Sumaré.

Os acidentes envolvendo veículos e motocicletas passaram de 11 para 27, um aumento de 145%. Os atropelamentos envolvendo motocicletas passaram de 12 para 16, crescimento de 33%.

Já as mortes de motociclistas não mudaram: foram duas antes e duas depois da instalação da faixa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos