Prefeitura de SP anuncia concurso para 3.250 professores

·2 min de leitura
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 26.07.2021 - O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB). (Foto: Danilo Verpa/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 26.07.2021 - O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB). (Foto: Danilo Verpa/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Prefeitura de São Paulo autorizou, nesta sexta-feira (15), a abertura de dois concursos públicos para a contratação de 3.250 professores para os níveis infantil, fundamental e médio.

Um dos certamens prevê a nomeação de 1.270 professores para atuação na educação infantil e ensino fundamental I em escolas da cidade de São Paulo. Para estes cargos, o salário inicial é de R$ 2.379,56.

O outro concurso será realizado para a nomeação de 1.980 docentes que vão atuar em salas de aulas de do ensino fundamental II e ensino médio. O salário inicial é de R$ 2.874,48.

A carga-horária para todos os postos é referente à jornada básica, de 30 horas-aula por semana. As datas de abertura dos concursos, serão divulgadas em Diário Oficial futuramente.

Segundo o prefeito Ricardo Nunes (MDB), em 2021, foram convocados pelo menos 4.000 profissionais da educação que participaram dos últimos concursos. São 1.000 unidades educacionais e mais de um milhão de alunos matriculados.

O anúncio ocorre em meio ao protesto de servidores contra a reforma da Previdência municipal, aprovada em primeira votação na Câmara Municipal na quinta-feira (14). O projeto foi proposto pelo prefeito em regime de urgência e acaba com a isenção de contribuição a aposentados e pensionistas que ganhem acima do salário mínimo.

A administração paulista assinou acordo de cooperação com o Instituto Singularidade, instituição particular de ensino superior, para contribuir na formação de futuros professores da rede municipal de ensino. A ação será por meio do sistema de estágio em sala de aula.

Além disso, a Secretaria da Educação irá ofertar a formação continuada aos professores que atuam nos CEIs (Centros de Educação Infantil) das unidades parceiras, com o objetivo de qualificar o atendimento ofertado aos bebês e crianças matriculados na rede.

As atividades terão início junto com o ano letivo de 2022, com carga horária de quatro horas semanais, dividas em duas horas, duas vezes por semana e durante o período de trabalho dos professores. Um profissional de apoio também será contratado para auxiliar no atendimento e acompanhamento das demandas dos bebês e crianças durante a organização das ações na unidade.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos