Prefeitura de SP tira do papel licitação de R$ 1 bi para recapear ruas

·2 min de leitura
**Arquivo**SÃO PAULO, SP, 08/02/2018, BRASIL - A prefeitura vai recapear mais 150 kms de vias na cidade de São Paulo. Foto avenida Dr. Francisco Mesquita, na altura do Central Plaza Shopping, sentido ABC,  (Foto: Rivaldo Gomes/Folhapress)
**Arquivo**SÃO PAULO, SP, 08/02/2018, BRASIL - A prefeitura vai recapear mais 150 kms de vias na cidade de São Paulo. Foto avenida Dr. Francisco Mesquita, na altura do Central Plaza Shopping, sentido ABC, (Foto: Rivaldo Gomes/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Prefeitura de São Paulo realizou, nesta quarta-feira (20), a primeira fase de um processo de licitação, em formato de pregão, no qual prevê quase R$ 1 bilhão para conservação da malha viária da cidade.

Segundo a Secretaria Municipal das Subprefeituras, nove empresas apresentaram propostas. O valor do edital é de R$ 999.841.724,66. A vencedora deverá começar o trabalho assim que todo o processo for concluído, o que está previsto para acontecer em junho deste ano.

O início do processo de licitação foi comemorado pelo prefeito Ricardo Nunes (MDB), pois o edital vinha sendo barrado pelo Tribunal de Contas do Município (TCM) por inconsistências desde dezembro do ano passado.

"Esse é o maior programa de recapeamento da história da cidade, de fundamental importância pois muitas ruas estão com o asfalto muito antigo e por isso com a qualidade ruim o que gera buracos", diz Nunes. "Iremos durante toda a gestão corrigindo esse déficit da qualidade do asfalto."

Dentro de um ano de serviços, a empresa deverá recapear 5,9 milhões de metros quadrados, o equivalente a 3,1% de toda a malha viária da capital paulista (que é de 187 milhões de metros quadrados).

Em um prazo de doze meses, cerca de 5.891.819,24 de metros quadrados de pavimento asfáltico receberá os serviços de conservação e manutenção na malha viária, contemplando as 32 subprefeituras", afirma a secretária das Subprefeituras em nota.

"É importante afirmar que os extensos 187.000.000 de metros quadrados de malha viária da cidade é diariamente demandado de forma intensa pela população, por conta da utilização das mais diversas modalidades de deslocamento, como transporte público ou particular, pedestres, bicicletas, caminhões, intervenções de concessionárias e outros, por isso integra o rol de serviços essenciais para o melhor desenvolvimento da cidade", completa a pasta em nota.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos