Prefeitura transformará Riocentro em 'Drive Thru da vacinação' para idosos

Luiz Ernesto Magalhães

A prefeitura decidiu retirar dos postos de Saúde a vacinação dos idosos contra a gripe, na campanha nacional marcada para o próximo dia 23. O atendimento será feito no Riocentro e em postos do Detran ainda a ser definidos. Nesses espaços também serão oferecida a imunização contra o saramp, o cujo público e diferente da vacina contra a gripe.

Além dos idosos, serão vacinados profissionais de segurança e da área de saúde. A extensão da campanha a outras categorias dependerá da estratégia do Ministério da Saúde.

- A ideia é fazer um Drive Thru da vacinação. O idoso poderia ser vacinado no próprio carro- explicou o prefeito Marcello Crivella.

A prefeitura do Rio também anunciou que montará um Hospital de Campanha com 500 leitos no Riocentro, em Jacarepaguá, Zona Oeste do Rio. O local receberá os pacientes da rede municipal que necessitam ou se recuperam de cirurgias eletivas ou estão em tratamento, liberando os leitos das demais unidades de saúde para infectados com o coronavírus. A previsão é que estejam prontos em um mês. No local já funciona um gabinete de crise formado por órgãos municipais que organizam e mapeiam os insumos da rede de unidades de saúde.

Segundo Marcelo Crivella, em caso de agravamento da epidemia um segundo hospital de campanha pode ser montado na cidade para receber pacientes de outras especialidades e liberar leitos. A nova unidade deverá ser montada caso o Rio tenha 70% dos leitos ocupados com pacientes infectados pelo coronavírus.