Prefeitura volta a liberar a circulação de táxis no corredor do BRT, entre Alvorada e Galeão

O Globo
·2 minuto de leitura
Fábio Rossi / Agência O Globo
Fábio Rossi / Agência O Globo

RIO - A partir desta sexta-feira, táxis com passageiros poderão voltar a trafegar pelo corredor do BRT entre o Galeão e o Terminal Alvorada, nos dois sentidos. O decreto com a autorização e as regras de utilização da faixa até então exclusiva aos ônibus do sistema modal será publicado na próxima edição do Diário Oficial do Município. Na justificativa, a prefeitura alega que a pandemia exige medidas excepcionais para estimular o turismo e a economia.

"Considerando, por fim, a grave crise sanitária decorrente da pandemia do novo Coronavírus – COVID-19 e seus fortes efeitos na mobilidade urbana, que demandam a necessidade de adoção de medidas de caráter excepcional com vistas à retomada das atividades econômicas, sobretudo de modo a estimular o turismo na Cidade do Rio de Janeiro", diz um dos trechos do decreto.

O documento também pontua o caráter experimental da medida, que deverá ser continuamente avaliada pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET-Rio) e pela Secretaria Municipal de Transportes (SMTR), e define as regras para a utilização do corredor viário.

Fica proibido o embarque e desembarque de passageiros ao longo do trajetoTaxistas deverão obedecer o mesmo limite de velocidade dos ônibusOs veículos devem circular com os faróis acesos 24 horas por diaO tráfego é restrito ao corredor expresso, e não às áreas de circulação exclusivas do BRT, como o interior das estaçõesApenas táxis licenciados na capital fluminense poderão utilizar a faixa exclusivaA circulação dos táxis dependerá a instalação de sinalização horizontal e vertical, que deverá ficar a cargo da CEt-RioO tráfego será restrito aos táxis que estiverem com passageiros e taxímetro ligadoTaxistas não poderão realizar manobras de ultrapassagem dos ônibus do sistema BRT, entrando e saindo da pista exclusiva

Medida já havia sido suspensa

Essa não é a primeira vez que a circulação de táxis no corredor do BRT Transcarioca é autorizada. Em 2017, a prefeitura liberou alguns trechos da faixa exclusiva para a circulação de taxistas. Em 2019, um Projeto de Lei de autoria da vereadora Vera Lins (PP) chegou a ser promulgado pela Câmara, mas foi suspenso pela prefeitura, sob a alegação de que eram necessários ajustes de sinalização gráfica e semafórica, além de sistema de fiscalização eletrônica.

Vera Lins comemorou o novo decreto municipal, que ela considera uma legitimação de seu projeto.

— Queremos desafogar as principais vias que diariamente ficam intransitáveis, o que fará com que carros particulares e ônibus tenham maior mobilidade nas vias principais. Vale lembrar que desde junho de 2017 os taxistas já tinham autorização para transitarem em alguns trechos do BRT e TransCarioca, onde durante todo esse período nenhum acidente foi registrado; o que prova a responsabilidade desses profissionais. Agora todo o trajeto está liberado — explicou a parlamentar.