Prefeituras do ABC paulista também decidem antecipar feriados

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Os prefeitos das sete cidades do ABC paulista decidiram nesta segunda-feira (22) que irão antecipar feriados municipais para provocar uma redução no número de pessoas circulando pelas ruas. A medida tem o objetivo de tentar reduzir a velocidade de novas contaminações pelo coronavírus. Segundo o Consórcio Intermunicipal Grande ABC, os feriados municipais serão antecipados para o período entre a próxima segunda-feira (29) e a quinta-feira (1º de abril). Com isso, a região ficará sem dias úteis entre 27 de março e 4 de abril, já que haverá emenda com dois fins de semana e com o feriado nacional da Sexta-Feira Santa, no dia 2 de abril. A medida será adotada em Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra. Decisão semelhante foi anunciada pelo prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), no último dia 18. Ainda de acordo com o Consórcio Intermunicipal, durante o megaferiado, setores considerados essenciais deverão encerrar suas atividades às 17h, com exceção dos hospitais públicos e privados, serviços de saúde de urgência e emergência, farmácias, laboratórios, hospitais veterinários e demais serviços de natureza essencial ao funcionamento dos serviços de saúde. A entidade informa ainda que a circulação de pessoas no transporte público será restrita aos funcionários de serviços essenciais. Além disso, a comercialização de bebida alcoólica no período estará proibida.