Prefeituras de Caxias e de Nova Iguaçu vão antecipar segunda dose da AstraZeneca

·1 minuto de leitura

As prefeituras de Duque de Caxias e de Nova Iguaçu anunciaram que vão antecipar a segunda dose da vacina AstraZeneca para oito semanas. O intervalo regular entre uma dose e outra é de 12 semanas, ou seja 3 meses. A medida ocorre depois que a Secretaria Estadual de Saúde autorizou que as prefeituras reduzam o intervalo de aplicação das doses.

Em Duque de Caxias, a segunda dose antecipada da vacina Astrazeneca acontecerá entre os dias 14 e 17 de julho para todos que receberam a primeira dose até o dia 17 de maio. É obrigatório apresentar o cartão de vacinação e documento de identificação.

A redução do intervalo visa a acelerar a imunização completa da população, em um momento em que o país já tem 16 casos confirmados da variante Delta, sendo três no Estado do Rio. Esta nova cepa é considerada mais transmissível. A decisão do governo do estado, no entanto, é apenas uma recomendação, já que cada prefeitura tem autonomia para definir as regras da sua campanha de imunização.

Para garantir que o morador de um município não vá para outro em busca da segunda dose antecipada, só será possível tomar o reforço antecipado no mesmo município onde foi aplicada a primeira dose.

Nesta terça-feira, a prefeitura de Nova Iguaçu vacina com a primeira dose as pessoas acima de 40 anos, e profissionais da limpeza urbana do município. Para se vacinar é necessário apresentar identidade, CPF ou cartão do SUS e comprovante de residência. As gestantes devem apresentar indicação médica. Mulheres puérperas e lactantes devem levar a certidão de nascimento do bebê, e pessoas entre 18 e 59 anos com comorbidades devem mostrar o laudo ou receita médica que comprove a condição de saúde.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos