Exército sírio diz que controla 70% de Ghouta Oriental

Beirute, 16 mar (EFE).- O Exército sírio anunciou nesta sexta-feira que controla 70% de Ghouta Oriental, o principal reduto opositor nos arredores de Damasco, onde acontece uma incursão terrestre desde 25 de fevereiro.

O Comando Geral Superior das Forças Armadas Sírias garantiu em comunicado, divulgado pela TV oficial, que os soldados dominam a maior parte da região depois de ter recuperado o controle de dezenas localidades.

O Exército sírio afirmou que provocou grandes perdas nas organizações terroristas em Ghouta Oriental, tanto humanas quanto materiais. A nota acrescentou que unidades militares "garantiram a saída segura de milhares de civis de Ghouta Oriental, que os grupos terroristas usavam como escudos humanos para realizar seus atos criminosos".

Nesse sentido, as Forças Armadas pediram aos cidadãos para "sair do jugo das organizações terroristas através dos corredores seguros". E reiteraram que continuarão cumprindo seu "dever nacional e constitucional em defesa da pátria até o retorno da segurança e a estabilidade a todas as partes do território da República Árabe da Síria".

As forças governamentais, com o apoio da Rússia, desenvolvem desde 25 de fevereiro uma incursão terrestre em Ghouta Oriental, que foi precedida por uma intensificação dos bombardeios e os disparos de artilharia. Desde 18 de fevereiro, pelo menos 1.346 pessoas morreram, entre elas 270 menores de idade, conforme apuração do Observatório Sírio de Direitos Humanos. EFE