Premiê belga diz que declarações polêmicas de Macron não são seu vocabulário

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
O primeiro-ministro belga Alexander de Croo ao chegar em uma cúpula europeia em Bruxelas em 16 de dezembro de 2021 (AFP/Kenzo Tribouillard) (Kenzo Tribouillard)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Emmanuel Macron
    Emmanuel Macron
    Político, funcionário público e banqueiro francês, 25.º Presidente da França
  • Alexander De Croo
    Político belga, primeiro-ministro da Bélgica

O primeiro-ministro belga Alexander de Croo declarou que prefere "irritar o vírus" e não as pessoas, em alusão às polêmicas declarações do presidente francês Emmanuel Macron sobre os não vacinados, segundo uma entrevista publicada neste sábado (8) pelo jornal Le Soir.

"Claramente, esse não é o meu vocabulário", disse o dirigente belga ao ser questionado sobre as declarações desta semana do presidente francês, que afirmou que deseja "irritar até o fim" os não vacinados em sua luta contra a covid-19.

De Croo alertou sobre o fato de aplicar "uma política de divisão que consiste em incomodar uma parte da população".

"Acredito que devemos irritar o vírus e não as pessoas", acrescentou, reconhecendo, porém, que para "irritar o vírus, é preciso vacinar a maior parte das pessoas".

Macron causou muito alvoroço na quarta-feira pelas suas declarações.

Na sexta-feira, o presidente declarou que assume "completamente" suas afirmações e criticou novamente aqueles que não se vacinaram, afirmando que "fazem da sua liberdade, transformada em irresponsabilidade, um slogan".

alm/ic/an/es/aa

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos