Premiê do Canadá anuncia projeto para congelar compra de armas de fogo

Premiê do Canadá, Justin Trudeau, anuncia projeto para congelar compra de armas de fogo

OTTAWA (Reuters) - O primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, disse nesta segunda-feira que seu governo irá apresentar uma nova legislação para implementar um "congelamento nacional" na posse de armas e impedir que as pessoas comprem e vendam armas em qualquer lugar do país.

"No dia em que esta legislação entrar em vigor, não será mais possível comprar, vender, transferir ou importar armas de fogo no Canadá", disse Trudeau a repórteres.

Se o projeto for aprovado, espera-se que o congelamento de armas de fogo entre em vigor no fim do ano. O Ministério da Segurança Pública do Canadá apresentou emendas regulatórias no Parlamento para garantir que possa ser implementado rapidamente, de acordo com um comunicado do ministério.

O assassinato na semana passada de 19 crianças e dois professores em uma escola primária no Texas, nos Estados Unidos, alimentou a preocupação com a violência armada em todo o mundo. O Canadá já tem restrições à posse de armas significativamente mais fortes do que seu vizinho.

A nova legislação proposta por Trudeau, o projeto de lei C-21, também propõe a retirada das licenças de porte de armas de pessoas envolvidas em atos de violência doméstica ou assédio criminal.

O governo também exigirá que os pentes de armas longas sejam alterados permanentemente para que nunca possam conter mais de cinco cartuchos e proibirá a venda e a transferência de pentes de grande capacidade.

"Além de usar armas de fogo para tiro esportivo e caça, não há razão para que alguém no Canadá precise de armas em suas vidas cotidianas", disse Trudeau a repórteres em entrevista.

(Reportagem de Ismail Shakil, em Ottawa, e Anna Mehler Paperny, em Toronto)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos