Premiê italiano diz que Europa tem pouca influência com Rússia sobre Ucrânia

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Primeiro-ministro da Itália, Mario Draghi, durante entrevista coletiva em Roma
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Vladimir Putin
    Vladimir Putin
    Presidente da Rússia

ROMA (Reuters) - A União Europeia (UE) tem pouca influência com a Rússia sobre a Ucrânia, mas precisa continuar conversando com o presidente russo, Vladimir Putin, para acalmar as tensões, disse o primeiro-ministro da Itália, Mario Draghi, nesta quarta-feira.

Draghi disse a repórteres que a Europa não tem uma grande força militar própria e disse ver poucas perspectivas de usar as importações de gás russo como forma de forçar Putin a recuar em seu confronto com a Ucrânia.

"A União Europeia hoje precisa tentar o máximo possível manter um estado de engajamento... com o presidente Putin", disse Draghi, acrescentando achar ainda possível evitar "decisões irreversíveis".

(Por Gavin Jones e Giuseppe Fonte)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos