Premiê italiano renuncia, presidente iniciará consultas

·1 minuto de leitura
Premiê da Itália, Giuseppe Conte, no Senado em Roma

ROMA (Reuters) - O primeiro-ministro da Itália, Giuseppe Conte, entregou sua renúncia ao presidente do país nesta terça-feira, abrindo caminho para consultas formais sobre como superar a crise política, anunciou o gabinete presidencial.

O presidente Sergio Mattarella iniciará consultas com líderes partidários na tarde de quarta-feira, informou seu gabinete em um comunicado, acrescentando que ele pediu a Conte que permaneça em caráter interino enquanto as conversas ocorrem.

Conte perdeu a maioria absoluta que tinha no Senado do país na semana passado, quando um parceiro minoritário de sua coalizão, o partido Itália Viva, liderado pelo ex-premiê Matteo Renzi, deixou a aliança por causa de uma disputa sobre a maneira que o governo lida com a pandemia de coronavírus e com a recessão econômica.

(Reportagem de Crispian Balmer)