Premiê do Japão e executivo de partido governista debatem escolha de liderança

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Por Antoni Slodkowski

TÓQUIO (Reuters) - O primeiro-ministro do Japão, Yoshihide Suga, conversou nesta quarta-feira com um executivo poderoso do partido governista a respeito de uma votação próxima da liderança da sigla, disseram autoridades envolvidas à mídia local, uma disputa que determinará quem conduzirá o Partido Liberal Democrata (PLD) para a próxima eleição, marcada para novembro.

A votação do PLD deve acontecer no dia 29 de setembro.

Toshihiro Nikai, secretário-geral do PLD, disse nesta semana que apoia uma nova indicação de Suga como líder do partido, uma posição que garante a permanência do premiê no cargo e sua presença à frente da sigla na eleição geral.

O Yomiuri, o maior jornal japonês, disse nesta quarta-feira que, além da facção de Nikai, o apoio de quatro outros grupos grandes do PLD também favorece Suga no posto, embora parlamentares mais jovens e mais vulneráveis se oponham ao líder impopular.

Suga tomou posse em setembro, depois que Shinzo Abe renunciou citando problemas de saúde, e seu mandato termina no final do mês que vem. Seu índice de aprovação está abaixo de 30% no momento em que o Japão enfrenta sua pior onda de infecções de Covid-19, e alguns correligionários querem substituí-lo ante da eleição geral.

Nikai não conversou com os repórteres após a reunião de 30 minutos. Suga disse que os dois debateram o coronavírus e não respondeu perguntas sobre política.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos