Premier do Iraque escapa de ataque com drones explosivos

·3 min de leitura
(Arquivo) O premier do Iraque, Mustafa Al-Kadhemi (AFP/HO)

O primeiro-ministro do Iraque, Mustafa al-Kazimi, escapou ileso de uma "tentativa de assassinato" na madrugada deste domingo (7) com drones explosivos visando sua residência em Bagdá, palco nos últimos dias de distúrbios entre as forças de segurança e grupos pró-iranianos.

Uma fonte da segurança disse que "dois membros da guarda pessoal presidencial ficaram feridos", sem especificar a gravidade.

A tentativa de assassinato contra o primeiro-ministro iraquiano foi realizada com "três drones, dois dos quais foram derrubados" pela guarda pessoal de Mustafa al-Kazimi, disseram duas fontes da segurança.

Os três aparelhos "foram lançados de um local próximo à ponte da República", antes de seguirem para a Zona Verde onde fica a residência do primeiro-ministro, explicou uma das fontes, que especificou que "dois drones foram abatidos" em voo.

O terceiro explodiu sua carga contra a residência, ferindo dois dos guarda-costas de Kazimi, que saiu ileso.

O ataque, o primeiro contra a residência de Kazimi, no poder desde maio de 2020, ainda não foi reivindicado.

A ação, porém, foi condenada como um "aparente ato de terrorismo" pelos Estados Unidos e descrita pelo presidente iraquiano, Barham Salih, como uma "tentativa de derrubar a ordem constitucional".

Pouco depois do ataque, em sua conta no Twitter, Kazimi pediu "calma e moderação por parte de todos, pelo bem do Iraque".

- "Agressão covarde" -

"Minha residência foi alvo de uma agressão covarde. Estou bem, graças a Deus, assim como os que trabalham comigo", declarou em um vídeo, no qual aparece sentado junto a uma escrivaninha.

A Zona Verde, onde está localizada sua residência, é um perímetro ultraprotegido no centro da capital que abriga a embaixada dos Estados Unidos e outros prédios do governo.

Nas imagens distribuídas pelo gabinete de Kazimi, é possível ver uma porta de madeira e gravuras jogadas no chão, bem como as escadas exteriores danificadas.

"Estamos aliviados em saber que o primeiro-ministro saiu ileso. Este aparente ato de terrorismo, que condenamos veementemente, visava o coração do Estado iraquiano", declarou o porta-voz do Departamento de Estado americano, Ned Price, indicando que ofereceram sua ajuda na investigação do ataque.

A missão das Nações Unidas no Iraque também condenou o ataque "nos termos mais fortes".

O influente líder xiita Moqtada Sadr falou de um ataque "contra o Iraque e o povo iraquiano".

O Irã, por sua vez, condenou o ataque e pediu "vigilância para impedir conspirações destinadas à atacar a segurança" no país vizinho.

Após o atentado, importantes forças de segurança foram posicionadas dentro e ao redor da Zona Verde.

As ofensivas contra a Zona Verde são recorrentes. No último domingo, três foguetes explodiram em Mansur, um bairro vizinho, sem causar feridos. Frequentemente têm como alvo a embaixada dos Estados Unidos.

Os ataques com drones-bomba se multiplicaram nos últimos meses, especialmente contra os interesses americanos, em Bagdá e Erbil.

O ataque contra Kazimi ocorre em um momento de tensão no Iraque após as eleições legislativas de 10 de outubro e em meio às transações entre os partidos com vista à formação de um governo.

A influente coalizão Hashd al-Shaabi questiona os resultados da votação, na qual sua ala política, a Aliança da Conquista, perdeu vários assentos no Parlamento, de acordo com os resultados preliminares.

Os partidários desta coalizão pró-iraniana de antigos grupos paramilitares agora integrados ao Estado organizaram protestos nas duas entradas da Zona Verde.

A Hashd descreve as eleições como "fraude" e "golpe". Apesar de seu derrota eleitoral, esta coalizão continuará a ser uma força influente no Parlamento.

Os resultados preliminares apontam como vencedor das eleições o líder xiita Moqtada Sadr, cuja corrente obteve mais de 70 assentos dos 329 da câmera.

O resultado final da votação sairá em algumas semanas.

bur-gde/roc/dbh/dl/gm/me/mr

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos